Busca Avançada
Informações e vendas: (62) 3920-3000
Busca avançada

Blog

Home    /    Como aumentar suas chances de aprovação no financiamento?

Dicas, Mercado Imobiliário

06/09/2019

Como aumentar suas chances de aprovação no financiamento?

Sair do aluguel e partir para uma casa própria é um dos maiores objetivos dos brasileiros. Segundo levantamento feito pelo IBGE, em 2018, cerca de 72,6% das famílias brasileiras já são donas do imóvel onde vivem, contabilizando cerca de 71 milhões de lares. 

No entanto, a compra de um imóvel pode ser um tanto quanto complexa, afinal se trata de um alto investimento. Por essa razão muitas famílias se voltam para o financiamento imobiliário. Os financiamentos são realizados pelos bancos, que pagam ao vendedor do imóvel a quantia que o comprador quer financiar. A partir daí, quem compra deve pagar ao banco, por meio das parcelas acordadas.

Apesar de parecer simples, o processo para conseguir um financiamento exige um boa dose de preparação prévia, já que muita gente por aí acaba tendo o crédito negado e não entende bem o porquê. Para auxiliar quem pretende financiar a não passar por uma situação assim, separamos algumas dicas para você aumentar suas chances de aprovação no financiamento imobiliário. 

Mantenha seu nome limpo

Pode soar clichê mas o primeiro passo fundamental para iniciar um processo de financiamento é checar a situação do seu nome na praça, ou seja, que não tenha nenhuma restrição ao seu nome nos sistemas de proteção ao crédito (SPC/Serasa). Se há irregularidades, o ideal é que você as resolva antes mesmo de fazer simulações. 

Faça o cadastro positivo

O cadastro positivo é um programa oferecido pela Serasa Experian e seu intuito é permitir que os bancos vejam o seu comportamento de compra, ou seja, se você é um bom pagador. Se você fizer o cadastro e manter suas contas sempre em dia, as chances de conseguir um bom financiamento com taxas de juros mais baixas são muito melhores.  

Tenha um bom relacionamento com o banco

Antes de fechar o financiamento, é importante que você faça simulações com diferentes bancos. Mas é bom ficar de olho, já que os bancos com os quais você já tem um relacionamento costumam oferecer melhores taxas de juros. Mas se você escolheu um banco com o qual ainda ainda não tenha relacionamento, pode ser benéfico migrar sua conta para ele. 

Já se você não tem uma renda formal ou é um trabalhador autônomo, outra dica muito relevante é que você centralize toda a sua renda em uma conta bancária. Isso vai auxiliar na comprovação de renda do financiamento, atestando que você tem capacidade financeira para assumir o pagamento das parcelas. 

Junte recursos para a entrada

A conta é simples: quanto maior a sua entrada, mais chances de se dar bem, não só no financiamento imobiliário como em qualquer outro tipo de financiamento. Para ter uma noção da entrada ideal, tenha em mente que as parcelas não devem comprometer mais do que 30% do seu salário mensal. Assim você não corre tanto o risco de se enrolar para pagar. 

Gostou das dicas? Não deixe de conferir também as outras novidades do nosso blog. Siga-nos nas redes sociais Facebook e Instagram

Voltar